Em família!

vog A última Feirinha da 24 foi uma celebração ao Poder Feminino. E para compor um zine temático, busquei inspiração em uma das mulheres que me influenciam até hoje. A minha avó!

A mãe do meu pai, se casou muito nova, teve 4 filhos e se mudou para Cuiabá junto com a família para tentar uma nova vida. Trabalhou muito cozinhando para o restaurante da família antes de eu nascer. E tem grande influência na minha escolha profissional: ela costurava. Eu me lembro da minha infância na  casa dela e que para me entreter, fazia roupinhas para as minhas bonecas. Até que um dia eu pedi para costurar. Naquele dia, sentada no muro baixo da sua casa enquanto esperava o meu pai chegar, ela me disse: “Camila, você vai ser estilista!”. Ela me explicou o que era, eu nunca mais tirei isso da minha cabeça e comecei a me interessar cada vez mais pelo mundo da moda. Deu no que deu!

Eu resolvi homenageá-la no Zine porque eu acredito que a história dela é muito parecida com a de muitas avós e mães do Brasil. A mulher mãe, a mulher dona de casa, a mulher que batalha para estruturar e oferecer bem estar à família.  A mulher avó, que dá uma força na criação dos netos.

Graças a Deus ainda tenho 2 avós, uma bisavó e TODAS são grandes exemplos na minha vida.vog2

Eu queria ilustrar um exemplo de mulher muito próximo à mim e levar a temática desse ideal de mulher para o contexto do zine. Oferecer um novo olhar sobre tudo o que discutimos sobre a mulher.

E tudo funcionou assim: Nessa busca pela representação de uma mulher, me deparei com a foto do perfil do

Facebook da minha vó. Na hora veio a ideia de fazer uma colagem com a foto dela, usando orquídeas que eu ilustrei em aquarela. Essa flor representa o feminino e a minha família tem um envolvimento muito grande com a espécie (temos um orquidário em casa, cuidado pela minha mãe).

Eu queria que a foto da minha vó estivesse em um porta retrato antigo, com o seu cabelo comprido preto saindo do porta retrato e em movimento. Acredito a imagem da minha vó ficou mais feminina e com mais vida. Então pedi para a jornalista Bruna Gomes fazer um poema sobre a história dela. Foi muito impressionante a conexão dela com a ilustração e a história da minha vó. Fez toda a diferença na composição de todo o material.

Isso tudo passou pela minha cabeça e, antes de fazer, resolvi ligar para ela. Ela adorou, disse que podia usar a foto dela sim e que estava ansiosa para ver o resultado final.

O mais legal é que no dia da feirinha ela ficou bem animada pra ir pra lá. Ficou no pé da minha tia atéée ela decidir levá-la! Minha avó chegou lá, conversou com os expositores e eu dei a versão colorida para ela. Foi um momento muito importante pra mim! E queria que todos vocês soubessem desse episódio da minha vida!

Leave a reply

Your email address will not be published.